Douro

A região demarcada mais antiga do mundo, o Douro, tornou-se famosa graças à produção de um vinho fortificado de características únicas – o Vinho do Porto. A partir de 1756, o ano da demarcação geográfica, a região do Douro começou a produzir vinhos distintos: os destinados ao Vinho do Porto; e os vinhos tranquilos, os vinhos de mesa. Ambos contribuíram para a transformação da paisagem num belo vale esculpido em socalcos de xisto, o qual, atualmente, é classificado pela UNESCO como Património da Humanidade.

Separada da zona litoral e do seu clima pela Serra do Marão, que a protege dos ventos carregados de chuva que sopram do Atlântico, a região do Douro tem um clima caracterizado por verões quentes e secos e por invernos muito rigorosos. 

A maioria das melhores vinhas estão plantadas nas encostas íngremes que bordejam o rio Douro e os seus afluentes. A região demarcada está divida em três zonas distintas: Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior. As apostas da Lusovini têm-se concentrado maioritariamente na sub-região do Cima Corgo, a qual, na opinião dos seus enólogos, conjuga a frescura do Baixo Corgo e a concentração do Douro Superior.  

ver mais
ver mais
ver mais
ver mais
ver mais
ver mais
ver mais
ver mais
ver mais
programa-de-desenvolvemento-ruralcompete-2020portugal-2020fderifs
PT | EN | ZH

Tem idade legal para consumo de bebidas alcoólicas?